Leia outros estudos bíblicos...

A fé vence o tempo

Tags: Tempo, fé, aflição, angústia, ansiedade, prosperidade, paz, frutos do Espírito

Olá, amigo(a) leitor(a) do Viver em Verdade.

Que a paz do Senhor Jesus preencha completamente a sua vida neste momento!

Glória a Deus por mais esta oportunidade de meditarmos na Palavra Dele, a fim de conhecermos mais da vontade Dele para nós, pois a Palavra de Deus é lâmpada para os nossos pés e luz para o nosso caminho (Salmos 119:105).

Neste estudo bíblico, falaremos sobre o tempo. O tempo é a maior aflição do ser humano e vencê-lo é um grande desafio. Não é objetivo deste estudo bíblico falar sobre a administração do tempo, pois deixaremos essas discussões para os filósofos e psicólogos. Iremos falar sobre algo que o Espírito Santo nos ensinou: a fé vence o tempo.

Neste momento, ore para que o Deus Todo-Poderoso, por meio do Espírito Santo, permita que você compreenda com clareza tudo que irá ler. É desejo Dele ensiná-lo sobre Seus princípios eternos, a fim de que você conheça qual seja a boa, perfeita e agradável vontade Dele para sua vida.

Certamente, o Espírito Santo acrescentará a sua fé por este estudo, pois a Palavra de Deus nunca volta vazia e sempre prospera no objetivo para o qual é enviada (Isaías 55:11).

A fé vence o tempo

Quando Deus criou o universo e a Terra, definiu o que seria o dia e a noite, o que é para nós a definição clara do tempo.

Gênesis 1:5
"E Deus chamou à luz Dia; e às trevas chamou Noite. E foi a tarde e a manhã, o dia primeiro."

No sexto dia da Criação, Deus criou o homem e colocou-o na Terra, fazendo com que passasse a viver nesse tempo, porém não havia limitação, pois Deus criou o homem perfeitamente e este era imortal, ou seja, passaria toda a eternidade em total intimidade com Deus e não experimentaria a morte.

Deus ainda permitiu ao homem e à mulher decidirem viver eternamente ou não, quando disse que poderiam comer do fruto de toda a árvore do Jardim do Éden, e apenas da árvore do meio do jardim não poderiam comer. Infelizmente, foi logo esta última que o homem e a mulher escolheram, morrendo espiritualmente no instante em que comeram o fruto. Morrer espiritualmente significa separar-se de Deus eternamente, porém o próprio Deus, com seu infinito amor, enviou o seu Filho Unigênito, Jesus, para permitir a todo aquele que crer Nele voltar à intimidade com o Pai.

Quando o homem comeu do fruto que não era permitido, permitiu ao pecado (que é a desobediência a Deus) fazer parte do seu ser, de forma que isso trouxe graves consequências a toda a humanidade. A morte espiritual, em decorrência do pecado, reflete também na morte do corpo, no qual se manifestam as doenças. Se o homem não tivesse pecado, as doenças não existiriam.

Neste momento, é possível compreendermos que a morte é a limitação do homem no tempo.

O tempo é a maior aflição do ser humano. Diariamente, muitos correm para pegar o ônibus ou o metrô, almoçam "correndo", escovam os dentes "correndo" (quando há tempo) e a impressão que temos é que Deus fez um dia muito pequeno. A limitação do tempo ainda vai além, pois nossos órgãos têm um tempo de vida, os dispositivos eletrônicos têm vida útil, todo material tem um tempo para se decompor ou corroer, e assim por diante.

Durante toda a história, principalmente a partir da Revolução Industrial, o homem tem se esforçado para solucionar o problema do tempo por meio da automação de suas tarefas. Porém, a cada nova invenção, o homem inventa também uma forma de não ter tempo. Quer um exemplo? Se você já teve a oportunidade de trocar seu computador, por qual motivo você o trocou? Por acaso, não foi porque ele estava lento demais para suas necessidades? E o mais interessante é que, provavelmente, ele atendia perfeitamente suas necessidades quando você o comprou. Isto significa que você adquiriu outras necessidades porque achou que o tempo estava sobrando.

Nesse contexto, adotamos os pensamentos imediatistas, pelos quais queremos ver ótimos resultados em pouco tempo, e um grande desafio é fazer com que os cristãos deixem de pensar dessa forma e adquiram a mente de Cristo, conquistada pela Palavra de Deus.

É necessário que entendamos que somente o pecado traz resultados imediatos, mas o Senhor nos ensina a termos paciência, pois os frutos do Espírito (Gálatas 5) levam tempo para amadurecerem em nós e gerarem resultados, devido à dureza do nosso coração. Para que os frutos do Espírito entrem e permaneçam em nós, é necessário que deixemos as obras da carne (entenda que a carne é a união do corpo e da alma).

Em Gálatas 5:19-21, a Palavra de Deus nos ensina quais são as obras da carne.

Gálatas 5:19-21

"Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,
Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus."

E em Gálatas 5:22, o Senhor nos ensina quais são os frutos do Espírito.

Gálatas 5:22

"Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, , mansidão, temperança."

Observe que todos os frutos do Espírito Santo só podem ser adquiridos com o tempo, à medida que permitimos que Deus nos transforme. Ninguém consegue amar como Deus nos ama de um dia para o outro, nem consegue se transformar em uma pessoa constantemente alegre em um piscar de olhos. Nem mesmo a fé é gerada de uma hora para outra, pois em Romanos 10:17 aprendemos que a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus, e isso necessita de tempo.

Romanos 10:17

"De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus."

O que nós precisamos compreender é que os resultados dos frutos do Espírito são bons e eternos. Já os resultados do pecado são aparentemente bons, porém são eternamente prejudiciais. Quer um exemplo? Você pode até adulterar contra seu marido ou sua esposa e no momento da relação sexual dar um grande prazer ao seu corpo, porém está escrito em 1 Coríntios 6:10 que os adúlteros, caso não deixem esse pecado crendo em Jesus como Senhor e Salvador, não herdarão o reino de Deus, ou seja, viverão eternamente afastados de Deus e irão para o mesmo lugar que Satanás e seus demônios.

1 Coríntios 6:10

"Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus."

Com esse exemplo, podemos compreender que os resultados do pecado são imediatos e aparentemente bons, porém são eternamente ruins.

Em nossos dias, os cristãos querem resultados imediatos como o pecado pode oferecer e é isso que muitas igrejas estão oferecendo: prosperidade financeira, carros importados (observe o plural "carros") na garagem, casas na praia, sítios, mansões, roupas de grife, etc., e usam um jargão muito conhecido "você foi posto por cabeça e não por cauda". Porém, a Palavra de Deus nos ensina em 1 Coríntios 15:19 que, se esperamos receber algo de Jesus somente nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.

1 Coríntios 15:19

"Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens."

Jesus veio para nos salvar do fogo eterno reservado a Satanás e seus demônios e o cristão deve entender que a bênção de Deus sobre sua vida financeira é consequência de sua intimidade com Deus, conforme aprendemos em Mateus 6:33.


Mateus 6:33

"Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas."

Se o reino é de Deus, quer dizer que Ele é o rei e nós, como servos, devemos obedecer a vontade de nosso rei.

Deus não está limitado ao tempo

É necessário que nós entendamos que Deus não está limitado ao tempo e não quer que o homem esteja, por isso enviou Jesus, seu Filho Unigênito, para morrer por nossos pecados e ressuscitar, a fim de que possamos voltar à condição que Adão tinha antes de pecar, viver eternamente.

Deus habita na eternidade e vê todas as coisas concluídas com a sua onisciência. Leia em Salmos 90:1-2.

Salmos 90:1-2

"SENHOR, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração. Antes que os montes nascessem, ou que tu formasses a terra e o mundo, mesmo de eternidade a eternidade, tu és Deus."

Chegamos ao ponto principal deste estudo, no qual podemos refletir com base na seguinte pergunta:

"Como podemos vencer a limitação do tempo sendo que ainda não habitamos na eternidade?"

Deus, em toda a Sua onisciência, permite ao homem ultrapassar a barreira do tempo mesmo sem ainda estar na eternidade. Entenda que não estou falando dos grandes corredores dos 100m rasos como o jamaicano Usain Bolt, porque, mesmo esses corredores sendo velozes, ainda estão limitados no tempo.

O que permite ao homem vencer o tempo é a . Pela fé em Deus e na obra redentora de Jesus Cristo na cruz, o homem traz à existência aquilo que não existe, isto é, aquilo que ainda não se cumpriu no nosso tempo, mas que já se cumpriu na eternidade.

Quando recebemos uma promessa de Deus, devemos simplesmente crer Nele, sem dar espaço  para qualquer dúvida.

Saiba que toda promessa de Deus leva tempo para se cumprir, porém nada que vem de Deus demora para se cumprir.

Talvez você não tenha entendido essa frase, portanto irei explicar. Toda promessa de Deus se cumprirá e, quando você crê no poder de Deus para cumpri-la, a sua fé traz a existência a realização da promessa. Quando você crê, Deus já cumpre a promessa na sua mente e no seu espírito. Essa deve ser a sua fé.

Mesmo que a promessa ainda não tenha se cumprido no tempo de forma que os olhos humanos possam ver, ela já se cumpriu pela sua fé. A fé permite que nós vejamos com os olhos de Deus, ultrapassando a barreira do tempo e vendo todas as coisas completas como na eternidade. Por esse motivo, nada do que vem de Deus demora para se cumprir. Pode levar anos para os olhos humanos verem, porém nada do que devem de Deus demora para se cumprir, pois tudo o que Deus faz acontece no tempo perfeito, porque Ele é onipotente, onipresente e onisciente.

Quando você crê que uma promessa de Deus para a sua vida já se cumpriu, você não vive ansioso esperando que ela se cumpra. A ansiedade é um resultado da falta de fé, por isso o Senhor nos ensina em 1 Pedro 5:6-7 que devemos lançar toda a nossa ansiedade sobre Ele.


1 Pedro 5:6-7

"Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós."

O Senhor ainda nos ensina que devemos entregar todos os nossos pensamentos, sonhos e anseios a Ele, demonstrando toda a nossa fé. Leia em Salmos 37:5.

Salmos 37:5

"Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nele, e ele o fará."

A definição de fé em Hebreus 11:1 nos permite compreender a imensa graça de Deus dada ao homem.

Hebreus 11:1

"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem."

Deus deu ao homem a capacidade de crer e é pela fé que aquilo que não se vê torna-se concreto. Leia novamente o versículo 1 do capítulo 11 de Hebreus e observe que a fé é a "prova das coisas que se não vêem". Sabe o que significa isso? Vamos a um exemplo simples. Muitas pessoas dizem que Deus não existe, porém a nossa fé é a prova de que Ele existe.

Mesmo que as pessoas digam que a promessa da salvação seja uma farsa, pela nossa fé ela é concreta. Não importa o que as pessoas digam sobre as promessas de Deus na minha vida, porque a minha fé é a prova de que elas são reais e isso é dom de Deus. Aleluia! 

Homens que venceram o tempo pela fé

No Antigo Testamento, temos vários exemplos de homens que venceram o tempo pela fé.

Noé obedeceu a Deus e construiu a arca para a salvação da raça humana em meio a uma sociedade corrompida. Em Hebreus 11:7, lemos que Noé foi avisado divinamente das coisas que ainda não se viam e, mesmo não vendo, creu totalmente no Senhor.

Hebreus 11:7

"Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé."

Abraão, obedeceu ao Senhor sem ainda ver no seu tempo a terra em que habitaria. Leia em Hebreus 11:8.

Hebreus 11:8

"Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia."

Agora, preste muita atenção no versículo 13 do mesmo capítulo da carta aos Hebreus.

Hebreus 11:13

"Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas; mas vendo-as de longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na terra."

Mesmo sem verem as promessas cumpridas no seu tempo, esses homens viram-nas concretamente e abraçaram-nas pela fé. Essa é a fé que Deus espera de você.

Moisés foi um outro homem que venceu o tempo pela fé. Em Hebreus 11:27, a Palavra do Senhor nos diz que ele ficou firme quando saiu do Egito "como vendo o invisível". Aquele que crê em Deus e na obra redentora de Jesus na cruz vê as promessas de Deus que aquelas pessoas que não crêem não conseguem ver.

Hebreus 11:24-27
"Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de Faraó,
Escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por um pouco de tempo ter o gozo do pecado; Tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa. Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível."

Outros dois homens que romperam a barreira do tempo pela fé foram Josué e Calebe que eram 2 dos 12 espias enviados por Moisés para observarem a terra de Canaã. Após os 12 espias observarem a terra e voltarem para onde estavam Moisés e o povo, 10 deles falaram que viram gigantes, porém Josué e Calebe viram uma terra que "mana leite e mel". Pela fé, eles conquistaram a terra antes de chegarem a ela. Leia, em Números 14:6-10, a passagem em que Josué e Calebe falam da terra a Moisés e ao povo.

Números 14:6-10

"E Josué, filho de Num, e Calebe filho de Jefoné, dos que espiaram a terra, rasgaram as suas vestes. E falaram a toda a congregação dos filhos de Israel, dizendo: A terra pela qual passamos a espiar é terra muito boa. Se o SENHOR se agradar de nós, então nos porá nesta terra, e no-la dará; terra que mana leite e mel. Tão-somente não sejais rebeldes contra o SENHOR, e não temais o povo dessa terra, porquanto são eles nosso pão; retirou-se deles o seu amparo, e o SENHOR é conosco; não os temais. Mas toda a congregação disse que os apedrejassem; porém a glória do SENHOR apareceu na tenda da congregação a todos os filhos de Israel."

Quando Jesus falou a parábola do semeador, Ele nos ensinou sobre um tipo de solo em que a Palavra de Deus é semeada mas não frutifica: o solo onde há pedras e que não possui raiz.


Lucas 8:13
"E os que estão sobre pedra, estes são os que, ouvindo a palavra, a recebem com alegria, mas, como não têm raiz, apenas crêem por algum tempo, e no tempo da tentação se desviam;"

Deus espera que você, por meio da fé, veja como Ele vê todos os dias. Se você crer totalmente Nele, tudo que ainda não se realizou no seu tempo, irá se tornar concreto. Toda promessa de Deus se cumprirá, e sempre no tempo perfeito.

A partir de agora, nunca mais se permita limitar ao tempo, pois o Espírito Santo acrescentou a sua fé e fará isso todos os dias em que você meditar na Palavra de Deus.

Que o Deus Todo-Poderoso abençoe a sua vida todos os dias!

Amém.

Voltar ao topo

Leia outros estudos bíblicos...

Cadastre-se gratuitamente para receber novos estudos em seu e-mail

Cadastre-se
Fechar



Quer receber estudos por e-mail?
Sim    Não
Envie um comentário ou pergunta
Escrever      Fechar