Leia outros estudos bíblicos...

O nome de Jesus

Tags: Jesus, autoridade, poder, costumes cristãos, Palavra de Deus

Olá, amigo(a) leitor(a)

Desejo-lhe a paz do Senhor Jesus Cristo, a paz que ultrapassa todo o entendimento!

Louvo e dou glórias a Deus pela oportunidade de escrever mais este estudo. É maravilhoso aprender com Ele!

Neste estudo bíblico, falarei mais uma vez de algo que o Espírito Santo me ensinou e que está presente nos costumes de todos os cristãos, sem exceção; falarei sobre o nome de Jesus.

Não é o objetivo deste estudo falar da origem e das traduções do nome Jesus, mas sim abordar a autoridade, o poder e a forma como os cristãos "usam" o nome de Jesus.

Ore neste momento, agradecendo a Deus pela oportunidade de ler a Palavra Dele e peça que o Espírito Santo o ensine sobre a verdade. Ore com sinceridade colocando todo o seu coração diante de Deus.

Todas as vezes que nos aproximamos da Palavra de Deus para meditar, é necessário que nos aproximemos sem qualquer pré-conceito, ou seja, sem quaisquer conceitos pré-estabelecidos. Um hábito de muitos cristãos é achar que já sabe tudo sobre determinado assunto ou passagem bíblica, e isso faz com que esses cristãos deixem de aprender diariamente com Deus. Se você tem esse costume, é necessário que você o abandone neste momento, porque a Palavra de Deus é viva e eficaz (Hebreus 4:12).

Diariamente, você, cristão, diz em diversas situações e com diversas motivações "em nome de Jesus". Quando você passou a congregar em uma igreja, adquiriu esse hábito porque todos os irmãos também falavam "em nome de Jesus" e, se você os questionou, eles devem ter respondido que Jesus disse e está relatado na Bíblia em João 14:13 "E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.". Com esse argumento você aprendeu que tudo o que você pedir em nome de Jesus, Ele fará.

Se essa situação aconteceu com você, responda a si mesmo: você abriu a sua Bíblia em João 14:13 para ler esse versículo e procurou a revelação do Espírito Santo para compreender o que Jesus quis dizer quando falou essa frase?

Deus é maravilhoso e agradecemos a Ele por ter nos ensinado e por permitir que você e nós O conheçamos verdadeiramente.

Imagine a seguinte situação: um amigo chamado João lhe pede para comprar um carro no nome dele para você. Então você vai à concessionária, escolhe o melhor carro e diz ao vendedor: "Vim comprar no nome do João". Você recebe o carro e volta todo(a) contente para mostrar o seu carro para o João e agradece-o.

Agora, imagine que o João não lhe falou que era para comprar um carro para você, mas, como você sabe que ele é muito legal, vai à concessionária e diz ao vendedor: "Vim comprar no nome do João". Você recebe o carro e sai todo(a) contente. Claro que você não irá levá-lo ao João, afinal ele não falou para você comprar. Algum tempo depois, o seu amigo João recebe em casa um carnê com várias prestações a serem pagas, vai à concessionária saber o que aconteceu e lá o vendedor diz que você comprou no nome dele. A partir daí, você estará em um grande problema e em uma dívida de tamanho proporcional.

Pense um pouco sobre essas duas situações.

Para que você compre um carro no nome do seu amigo João, é necessário que Ele fale para você ir, demonstrando que está de acordo com a sua atitude.

Agora, por que os cristãos falam "em nome de Jesus" a todo momento, nas mais diversas situações? Há duas opções:

  1. os cristãos estão em intimidade total com o Senhor Jesus, a ponto de conhecer totalmente a vontade Dele a cada segundo; ou
  2. os cristãos estão declarando suas vontades conforme seus sentimentos e emoções esperando que o Senhor Jesus aprove tudo o que eles fizerem.

Julguemos em qual das duas situações estamos.

Na carta de Tiago, o Espírito Santo estava ensinando os cristãos sobre os muitos pedidos que faziam e as motivações que os levavam a fazê-los. Está escrito em Tiago 4:1-3:

Tiago 4:1-3

"De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam? Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites."

No versículo 3 (destacado em negrito), aprendemos que nossos pedidos não devem ser conforme os nossos sentimentos e emoções, não podemos pedir conforme o que queremos. Se queremos algo, devemos falar com o Senhor Jesus para saber se é da vontade Dele que tenhamos o que queremos, pois Ele é o Nosso Senhor e sabe o que é melhor para nós.

Para que você e eu possamos fazer algo no nome de Jesus, é necessário que saibamos se é a vontade Dele.

Você pode se perguntar: como posso saber se o que quero é a vontade de Jesus?

Meditando na Palavra de Deus e orando até que o Espírito Santo lhe diga SIM ou NÃO. Se você nunca ouviu a voz do Senhor, saiba que não é pela sua capacidade, eloquência ou beleza que Ele fala com você, mas sim pela sua fé. Ele quer falar com você todos os dias, porque Ele o ama. É necessário que você fale com Ele diariamente e, como um amigo, dedique tempo a ouvi-lo.

Na Bíblia, conseguimos compreender várias atitudes que devemos ter que são aprovadas pelo Senhor Jesus e estão de acordo com a vontade Dele.

Marcos 16:17-18

"E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão."

Mateus 18:20
"Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles."

Lucas 9:48
"E disse-lhes: Qualquer que receber este menino em meu nome, recebe-me a mim; e qualquer que me receber a mim, recebe o que me enviou; porque aquele que entre vós todos for o menor, esse mesmo é grande."

O problema é que muitos cristãos não sabem como pedir ao Senhor Jesus, pois não querem dedicar tempo lendo a Palavra de Deus e buscando a intimidade com Ele. É muito mais fácil para nós sintonizarmos uma rádio cristã e ver se Deus fala em alguma música ou por meio da pregação de algum(a) pastor(a). Não há pecado em ouvir músicas ou pregações em rádio ou assistir em algum canal de televisão, mas não deve ser esse o seu principal tempo com Deus.

Já ouvi cristãos dizendo o que foram ensinados em pregações como: "determina o que é para fazer que Deus faz". Entristeço-me quando reconheço essa motivação em um cristão, afinal quem é o servo e quem é o senhor? Por acaso, somos senhores de Deus? Não! Absolutamente, não.

Em Isaías 55:8, o Senhor disse:

"Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR."

E em Ezequiel 18:29, o Senhor mais uma vez disse ao povo:

"Contudo, diz a casa de Israel: O caminho do Senhor não é direito. Porventura não são direitos os meus caminhos, ó casa de Israel? E não são tortuosos os vossos caminhos?"

Nós não determinamos nada para Deus. Apenas devemos crer que Ele nos ama e sente prazer e alegria em nos abençoar.

No mesmo capítulo da carta de Tiago que citamos anteriormente neste estudo, o Espírito Santo nos ensina que tudo o que queremos fazer (sonhos, planos, etc), devemos colocar diante de Deus e estarmos dispostos a fazer a vontade Dele, pois Ele nos permitirá fazer se for o melhor para nós.


Tiago 4:13-15

"Eia agora vós, que dizeis: Hoje, ou amanhã, iremos a tal cidade, e lá passaremos um ano, e contrataremos, e ganharemos; Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece. Em lugar do que devíeis dizer: Se o Senhor quiser, e se vivermos, faremos isto ou aquilo."

Se você reconhece Jesus como seu Senhor, então você reconhece que Ele se entregou, sofreu até a morte, fez-se pecado por você e por mim e ressuscitou ao terceiro dia pelo poder de Deus, para que você e eu possamos ter uma nova vida. A Ele, Jesus, foi dado um nome que é sobre todo nome, e Ele foi colocado "acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro", como está escrito em Efésios 1:21.

Efésios 1:21-23

"Acima de todo o principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo o nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos."

Filipenses 2:9-11

"Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra, E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai."

A partir deste momento, pense sempre na vontade do Senhor Jesus quando você falar "em nome de Jesus". Muitos cristãos saem dizendo por aí: "Em nome de Jesus, reformarei minha casa", "em nome de Jesus, comprarei um novo carro", "em nome de Jesus, darei a volta ao mundo", "em nome de Jesus, conquistarei um emprego em que ganharei mais", sendo que basta crer que Ele é poderoso para fazer todas essas coisas, se for da vontade Dele. Você pode dizer todos os dias: "em nome de Jesus, minha família será salva", "em nome de Jesus, Satanás não terá mais poder sobre os meus pais", "em nome de Jesus, serei aperfeiçoado pelo Senhor hoje".

Ajunte tesouros no céu onde a traça e a ferrugem não podem consumir (Mateus 6:19-20).

Mateus 6:19-20

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam."

Dê toda a glória a Deus porque Ele é soberano e tem para você e para mim infinitamente mais do que conseguimos pedir ou pensar (Efésios 3:20-21).

Efésios 3:20-21

"Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera, a esse glória na igreja, por Jesus Cristo, em todas as gerações, para todo o sempre. Amém."

Deus abençoe a sua vida abundantemente!

Voltar ao topo

Leia outros estudos bíblicos...

Cadastre-se gratuitamente para receber novos estudos em seu e-mail

Cadastre-se
Fechar



Quer receber estudos por e-mail?
Sim    Não
Envie um comentário ou pergunta
Escrever      Fechar