Leia outros Devocionais...

Por que ir à igreja? Deus não é onipresente? (27/12/2011)

Algumas pessoas dizem: "eu conheço Deus, não preciso ir a uma igreja", ou ainda questionam "Deus está em todo lugar, por que preciso ir à igreja?". O raciocínio parece correto, você não acha? Afinal, Deus é onipresente, como está escrito: "Os olhos do Senhor estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons" (Provérbios 15:3).

Será que essas pessoas realmente conhecem Deus? Para conhecer Deus, é necessário conhecer o Seu caráter, os Seus princípios eternos, os Seus mandamentos, a Sua vontade. Parece que isso leva um tempo para aprender, não é?

Ir à igreja é uma luta para muitas pessoas, mas para alguns a luta é gerada por uma falsa verdade. Os machões pensam que a igreja é para mulheres e para homens fracos, porque eles acham que podem resolver tudo sozinhos. Será que estão conseguindo? Outras pessoas idealizam a igreja como o lugar da perfeição, em que todos se amam ardentemente, e fazem tudo uns pelos outros simplesmente por causa do amor. Que lindo! Agora, pode tirar o DVD porque o filme não é bem esse.

A igreja não é algo místico, porque a igreja não é o templo ou o prédio. A igreja são as pessoas, imperfeitas como você. É por isso que a igreja não é o lugar da perfeição completa, mas é o lugar do aperfeiçoamento em Cristo, porque são pessoas nas quais Deus iniciou a boa obra e que estão sendo e serão aperfeiçoadas até ao Dia de Jesus Cristo (Filipenses 1:6).

As pessoas que estão dentro da igreja são as mesmas que, antes e depois dos cultos, estão fora.

A porta da igreja não transforma quando você entra e "destransforma" quando você sai, mas a Porta que sobre a qual é pregada na igreja, essa transforma. Jesus é a Porta e Ele disse: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens" (João 10:9).

Quando você vai à igreja, você separa um tempo da sua vida para se concentrar em Deus, falar com Ele, aprender sobre Ele. Você tem conseguido separar tempo para Deus diariamente?

Não ir à igreja porque Deus é onipresente não passa de uma desculpa egoísta. Os momentos na igreja são úteis para a comunhão entre os irmãos. São momentos para que uns conheçam os outros, chorem juntos, orem juntos, alegrem-se juntos. "Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!" (Salmos 133:1)

Um salmista escreveu: "Pois um dia nos teus átrios vale mais que mil; prefiro estar à porta da casa do meu Deus, a permanecer nas tendas da perversidade." (Salmos 84:10). Quando entendemos verdadeiramente o propósito de irmos à igreja, isso se torna prazeroso.

Deus deseja que nós perseveremos na fé uns com os outros. "E consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos à caridade e às boas obras, não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns; antes, admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais quanto vedes que se vai aproximando aquele Dia." (Hebreus 10:24-25)

Não ter comunhão com os irmãos é ser brasa fora do braseiro.



Leia outros Devocionais...
Cadastre-se gratuitamente para receber novos estudos em seu e-mail

Cadastre-se
Fechar



Quer receber estudos por e-mail?
Sim    Não
Envie um comentário ou pergunta
Escrever      Fechar